Volver a buscar

História e Cultura Afro-Brasileira, Africana e Índigena (EAD)

Campo disciplinario / Disciplinary field : 0031 Competencias personales y desarrollo, 01 Educación, 022 Humanidades (excepto idiomas), 0222 Historia y arqueología, 03 Ciencias sociales, 0312 Ciencias políticas y educación cívica
Nivel des programa / Program Level : Pregrado/Undergraduate
Pais / Country : Brasil
Horas curso : 20
Programa académico : Core curriculum (disciplina comum para todos os cursos da Universidade)
Créditos : 2
1 CRÉDITO=10 HORAS
Idioma del curso : Portugués/Portuguese
Fecha de inicio curso : 07/02/2022
Fecha de terminación : 07/06/2022
Fundação Santo André
Ver perfil

Descripción del curso

EMENTA

Questões históricas e culturais relacionadas ao continente africano e ao povo indígena brasileiro; Questões legais e legislativas sobre o ensino étnico racial, assim como um referencial teórico sobre o tema; Políticas públicas e atividades de responsabilidade social promovida pelas empresas para fomentar a diversidade da sua força de trabalho; Ações afirmativas para combater o racismo institucional; Aspectos pedagógicos práticos para o ensino da história da África e das relações étnicas raciais em sala de aula.

 

OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Apresentar argumentos que levem o estudante a refletir sobre os elementos que caracterizam a formação cultural do povo brasileiro, bem como desenvolver e ampliar uma visão crítica em relação às especificidades culturais dos povos afro-brasileiros e indígenas.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

U1 – A África, os portugueses e os indígenas.
1. A África: Continente, hábitos, costumes e gastronomia
2. Chegada dos portugueses no Brasil
3. O índio: Hábitos, costumes e gastronomia
4. Características da cultura indígena

U2 – A constituição Brasileira e as leis
5. A Constituição Brasileira e personalidades da história
6. Lei obrigatória do ensino de história e cultura afro-brasileira
7. Lei de cotas
8. Educação Indígena

U3 – As diferenças sociais e responsabilidades
9. Inclusão social
10. Racismo no Brasil
11. Responsabilidade Social
12. Políticas Afirmativas

U4 – A influência social dos índios e dos negros.
13. Desafios do ensino de História e cultura afro-brasileira
14. Tipos de Atividades práticas e combinadas
15. O índio, o negro e o mercado de trabalho
16. Influência social do índio e do negro

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Brasília, Outubro de 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/res012004.pdf acesso em
28 mar 2020.

BRASIL. DECRETO No 6.861, DE 27 DE MAIO DE 2009. Educação Escolar Indígena. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Decreto/D6861.htm BRASIL. LEI No 12.288, DE 20 DE JULHO DE 2010.

Institui o Estatuto da Igualdade Racial; altera as Leis nos 7.716, de 5 de janeiro de 1989, 9.029, de 13 de abril de 1995, 7.347, de 24 de julho de 1985, e 10.778, de 24 de novembro de 2003. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12288.htm

BRASIL. LEI No 12.288, 20 DE JULHO DE 2010. ESTATUTO DA IGUALDADE RACIAL. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12288.htm

BRASIL. LEI No 10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.639.htm

BRASIL. LEI No 11.645, DE 10 MARÇO DE 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11645.htm

COOPER, Frederick Histórias de África. Capitalismo, Modernidade e Globalização. Edições 70: Lisboa, 2017. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9789724419749/epubcfi/6/2%5B%3Bvnd.vst.idref%3DcoverPage%5D!/4/2/2%5Bvst-
image-button-316561%5D%400:0 acesso em 09 fev 2021.

FEBRABAN. Censo da Diversidade 2014. Disponível em: https://cmsportal.febraban.org.br/Arquivos/documentos/PDF/Censo%20da%20Diversidade%202014%20-%20Apresentacao%20Final%20-%2003-11-14.pdf

FERRAZ, Carolina V.; LEITE, Glauber S. (Organizadores) Direito à diversidade. São Paulo: Editora Atlas, 2015. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788522496532/r
ecent acesso em 09 fev 2021.

GOMES, Nilma L. (organizadora) Um olhar além das fronteiras: educação e relações raciais. 1a. ed., Belo Horizonte: Editora Autêntica, 2010. Disponível em:https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788551302309/pageid/0 acesso em 09 fev 2021.

IBGE. PNAD Contínua 2016: 51% da população com 25 anos ou mais do Brasil possuíam no máximo o ensino fundamental completo, 2017. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-
imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/18992-pnad-continua-2016-51-da-populacao-com-25-anos-ou-mais-do-brasil-possuiam-no-maximo-o-ensino-fundamental-completo

JUBILUT, Liliana L., BAHIA, Alexandre G. M. F., MAGALHÃES, José L. Q. de (coords.). Direito à diferença: Aspectos de proteção especifica às minorias e aos grupos vulneráveis, volume 2. São Paulo: Saraiva, 2013.
Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788502208803/pageid/0 acesso em 09 fev 2021.

WITTMANN, Luisa T. (organizadora). Ensino de História Indígena. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788582174265/p
ageid/0 acesso em 09 fev 2021.

Requisitos del curso

– El programa está abierto para estudiantes de pregrado y grado inscritos en un curso académico dentro de una universidad.
-Curso ministrado em português.

Requisitos institucionales

Los estudiantes que apliquen a nuestra institución deben cumplir con los siguientes requisitos:
– Presentar buen/excelente desempeño académico (criterio puede ser definido por la institución de origen);
– Poseer conocimiento suficiente de la lengua utilizada para impartir las clases o estar dispuesto a aprender la lengua junto con el aprendizaje técnico. No será necesario presentar documento de comprobación de competencia lingüística.

Procedimiento de aplicación

Para postular un estudiante para el intercambio se debe realizar el siguiente procedimiento:
– Enviar los documentos obligatorios.
-La Postulación debe ser por parte de la Universidad de origen.
La documentación debe ser enviada para el correo electrónico internacional@fsa.br

Documentación

– Histórico de notas/calificaciones.
– Carta de exposición de motivos (una cuartilla).
La documentación debe ser enviada para el correo electrónico internacional@fsa.br

10 Cupos disponibles
24/01/2022
Fecha de inicio para la aplicación
28/01/2022
Fecha de terminación para la aplicación:
  • ¿Te interesa este curso?
    Completa el siguiente formulario para informar a la persona encargada de eMOVIES en tu institución de Origen

    Solicitar información

  • Identificación del estudiante en la institución / University student ID
  • Este campo es un campo de validación y debe quedar sin cambios.